Economia Assuntos sociais

Roménia: Quem irá beneficiar da tímida retoma?

3 agosto 2011
Presseurop
România liberă

România liberă, 3 agosto 2011

Neste 3 de agosto, o ministro das Finanças romeno deverá “tomar a decisão política mais importante do ano”: isto é, escolher “quais dos funcionários ou salariados do setor privado deverão ser sacrificados”, sendo esta a manchete do diário România liberă. Enquanto a economia romena apresenta sinais de retoma, o governo deve de facto escolher se aposta no aumento do salário dos funcionários, que tinham sofrido uma redução de 25%, em 2010, ou se reduz as cargas patronais, que tinham sido aumentadas, em 2009, tudo isto, no seguimento do acordo assinado no mesmo ano de 2009 com o Fundo Monetário Internacional, em troca do seu apoio. As implicações são “tanto económicas como políticas”, explica o diário de Bucareste: “a redução de impostos permitirá relançar a contratação de trabalhadores e o consumo. Mas [o Governo] pode cair na tentação de privilegiar os funcionários”, devido às eleições legislativas de 2012.