Ciência e Ambiente Energy

Noruega: Preferência petrolífera nacional em causa

31 maio 2011
Presseurop
Aftenposten

Aftenposten, 31 maio 2011

O assunto é espinhoso e compromete o Governo norueguês. Há dez anos que, segundo o Aftenposten, a Associação Europeia do Comércio Livre (AECL) anda a pedir à Noruega para rever a legislação e acabar com a obrigatoriedade de as sociedades petrolíferas a trabalhar no país se encontrarem lá sediadas. A AECL integra quatro países não membros da UE, sendo que três deles (Noruega, Liechtenstein e Islândia) pertencem ao Espaço Económico Europeu (EEE), o que lhes dá acesso às regalias e obrigações do Mercado Único europeu. Como titula o diário de Oslo, embora Bruxelas exija igualmente a revisão da lei, o Governo nunca deu a conhecer esta exigência ao Parlamento. A revisão deveria ser submetida à apreciação da Comissão da Energia e Ambiente do Parlamento Europeu dia 31 de maio e não a debate na assembleia de deputados. A questão do petróleo, principal recurso do país, é bastante mais delicada do que a das regiões afetadas por uma eventual partida das companhias petrolíferas, a norte, onde o dinheiro do petróleo é essencial ao desenvolvimento.