Ciência e Ambiente Energy

Geopolítica: Bucareste toma conta do Cáucaso

18 abril 2011
Presseurop
România liberă

România liberă, 18 abril 2011

“Porque é que a Rússia e a Turquia temem a Roménia”, é o título do România liberă, que apresenta a estratégia energética e militar desenvolvida por Bucareste no Cáucaso. O diário escreve que “a Roménia é o único país europeu que assinou um acordo bilateral com um país da região”, o Azerbaijão, com o objetivo de criar uma nova via para o gás caucasiano que contorna as três grandes potências do Mar Negro: a Rússia, a Ucrânia e a Turquia. Um alto responsável do Ministério da Defesa, citado pelo diário de Bucareste, declarou que a Roménia participa na abertura dessa zona estratégica “que está no principal eixo do século XXI, tal como foi definido pelos especialistas militares das grandes potências: o Golfo de Adem – o Golfo Pérsico – Xangai”. As ambições de Bucareste inquietam Moscovo e Ancara que, por trás de tudo isto veem a influência crescente dos Estados Unidos na região.