Economia Agricultura

Pescas: Mais bacalhau no fundo da rede

15 dezembro 2009
Presseurop
Público

Público, 15.12.2009

Após 11 anos de moratória, os portugueses têm, de novo, o direito de pescar bacalhau, um dos peixes principais da sua cozinha nacional, ao largo do Canadá. As águas geridas pela Organização das Pescas do Atlântico Noroeste (OPANO em francês, NAFO em inglês)  foram reabertas em Setembro passado para o bacalhau e o cantarilho (também conhecido como redfish), explica o Público, que acrescenta que a quota total de pesca de bacalhau para a UE, em 2010, é de 3136 toneladas, das quais cerca de um terço vai para Portugal. As negociações em curso, em Bruxelas, sobre as quotas para 2010, visam, por outro lado, travar o excesso de captura de que são vítimas, segundo a Comissão, mais de 80% das espécies. É por isso, comenta La Stampa, que aquele órgão comunitário quer uma redução de 25% da produção global (com taxas que chegam aos 90% para espécies como o salmonete), o que, acrescenta o diário de Turim, terá como consequência o aumento do preço ao consumidor.